Greve dos professores: quarta-feira será nos distritos de Coimbra, Aveiro e Leiria




Após a falha das negociações entre sindicatos e ministério da educação, os professores começaram hoje uma greve que se prolonga até à próxima quinta-feira.

À greve de quatro dias junta-se também uma manifestação nacional dos professores marcada para o feriado de sexta-feira, data em que se assinala o dia mundial do professor. Os professores exigem ao Ministério da Educação o descongelamento integral do tempo de serviço.


O primeiro dia de greve deverá afectar sobretudo as escolas dos distritos de Lisboa, Setúbal e Santarém, embora os professores de outras regiões possam aderir ao protesto. 

Amanhã, a paralisação chega aos distritos de Portalegre, Évora, Beja e Faro. 

Na quarta-feira, dia 3 de Outubro, o protesto afectará Coimbra, Aveiro, Leiria, Viseu, Guarda e Castelo Branco.

No 4.º dia de greve, quinta-feira, serão os distritos do Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança afectos pela greve.

Publicar um comentário

0 Comentários