GD Cova-Gala com prejuizos acima de 130 mil euros





O Grupo Desportivo Cova-Gala clube da freguesia de São Pedro, prevê que os prejuízos adjacentes da passagem da tempestade Leslie na noite de 12 para 13 de Outubro deste ano, sejam estimados na ordem 131 000€.



Os danos sofridos pelo clube covagalense (à semelhança da freguesia de São Pedro) demonstram um cenário de guerra, com muros derrubados, estruturas completamente destruídas e deitadas fora pela força do vento, cabos de alta tensão a vaguearem pelo campo de futebol num quadro de completa destruição.

«Actualmente temos mais de 150 pessoas ligadas ao dia-a-dia do clube, em casa, paradas por falta de condições: quer de segurança, quer de utilidade dos próprios equipamentos, danificados pela tempestade. A nossa vila foi devastada e, para muitos, o G.D. Cova-Gala é uma forma, também, de distracção para os habitantes: desde crianças, a idosos, que usam as instalações como uma casa onde todos nos reunimos, como família» refere André Mora, Presidente do GD Cova-Gala. 

«A nossa posição social na Vila é, portanto, importantíssima e, neste momento, face à situação em que nos encontramos, tivemos de cancelar todas as actividades por tempo indeterminado. Assim, urge solicitar, por este meio, todo o vosso apoio para tentarmos, em conjunto, reerguer - o quanto antes - esta colectividade» acrescenta o dirigente covagalense.

Recorde-se que o GD Cova-Gala tem sido assombrado nos últimos tempos por vários problemas, primeiro o roubo da carrinha do clube que ficou danificada, seguindo-se o assalto à sede e agora a passagem da tempestade que danificou o campo de futebol. 


Numa altura em que a direcção covagalense tem estado empenhada em requalificar o Campo de Jogos do Cabedelo com um relvado sintético para substituir o Campo pelado, surge mais um contratempo, para o qual direcção, equipas e adeptos estão a juntar esforços para ultrapassar o mais rápido possível.

O GD Cova-Gala está neste momento a tentar adiar todos os compromissos e partidas marcadas para as próximas semanas, uma vez que não só não tem campo para efectuar os jogos, como também não tem local onde treinar.



Publicar um comentário

0 Comentários