Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

8 de setembro de 2018

Montemor-o-Velho inovador no combate à vespa velutina





No dia 7 de setembro, no recinto da Feira do Ano, o seminário “Impacto da Vespa Velutina na produção de mel e no sector agrícola do Município de Montemor-o-Velho”, dinamizado pelo Município de Montemor-o-Velho, no âmbito da atividade do Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC), procurou trazer para cima da mesa os principais impactos e questões desta espécie invasora, mas foi também o pretexto para mostrar o trabalho inovador que está a ser levado a efeito no concelho.


Com o intuito de “sensibilizar todos os participantes para que se possa, em conjunto, combater esta praga”, o presidente da Câmara Municipal, Emílio Torrão, acompanhado do presidente da Assembleia Municipal, Fernando Ramos, ao avançar que “todos os municípios têm que abraçar esta temática de forma muito séria”, sublinhou: “Temos que envolver toda a comunidade neste desafio de evitar que a vespa se propague”.
Ao desvendar um pouco da metodologia utlizada, revelando os novos projetos que estão em desenvolvimento também com recurso aos drones, Emílio Torrão fez questão de deixar agradecimentos a diversas entidades e instituições, por exemplo, a Associação de Modelismo do Centro de Portugal, de apresentar rasgados elogios à equipa do SMPC pelo “trabalho extraordinário desenvolvido ao longo de meses”, assim como referiu que trabalho tem sido feito com verbas próprias e sem financiamento comunitário.
“O risco e as pessoas que esperam de nós uma resposta, não podem estar à espera de uma solução financiada”, asseverou.
De igual modo, Ana Paula Almeida Cruz de Carvalho, subdiretora da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária, acompanhada de Rosa Maria Rodrigues, da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária da Região de Coimbra, saudou a realização do seminário e, ao dizer que se tratava de “uma excelente iniciativa”, disse: “a tecnologia drone foi um dos aspetos que considerámos como prioritário como medida de ajuda ao controlo dos ninhos de vespa”.
No momento, congratulou-se ainda por “ver que há um Município inovador, que nos ajuda e traz soluções para a combater a vespa”, assim como destacou a postura do Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho. “Preocupa-se com a população e, para além daquilo que recomendamos como técnicas de controlo, tenta ainda encontrar soluções inovadoras”.
Os impactos da espécie, na apicultura e no sector primário, os meios de combate à vespa velutina do Município de Montemor-o-Velho e os procedimentos/protocolos para a identificação/validação da vespa velutina Panorama na Região Centro e no País SOS Vespa foram alguns dos temas em destaque.
A par do período de debate, o seminário contou também com Provas de Mel de produtores locais, que decorreu na tenda “A Colmeia”.
Para a história do seminário “Impacto da Vespa Velutina na produção de mel e no sector agrícola do Município de Montemor-o-Velho” fica ainda a participação das pastelarias Moinho Novo, Belidoce, Anjo Doce e Pousadinha que, a convite da organização, surpreenderam os cerca de 200 participantes com a degustação de doces originais e que tiveram como base de criação mais um produto de qualidade produzido no concelho e que ainda é pouco conhecido: o mel.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.



FotografiaLDA

Principais destaques da semana

Anuncie AQUI

Copyright © Foz ao Minuto