Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

25 de setembro de 2018

Famílias comemoraram Dia Europeu Sem Carros no Jardim Municipal



Dezenas de famílias, sobretudo com crianças pequenas, comemoraram o Dia Europeu sem Carros no Jardim Municipal, aproveitando o dia de sol que se fez sentir. Organizado pelo Município da Figueira da Foz, o evento contemplou um variado conjunto de atividades destinadas a fomentar a escolha de modos suaves de mobilidade, que contribuem para o bem-estar físico e para a diminuição da pegada ecológica. 

«Este é mais uma iniciativa dedicada a sensibilizar a comunidade para as possibilidades e equipamentos disponíveis orientados para a mobilidade suave, sem pegada ecológica, no nosso Concelho», explicou a vereadora do Desporto, Mafalda Azenha, agradecendo «o empenho de todas as entidades envolvidas na organização». «Nesta fase, e porque existe uma estratégia integrada e que envolve vários pelouros, das obras ao ambiente, do desporto em geral aos desportos de praia, das regras urbanísticas às políticas na área da Educação, o que queremos é lembrar aos nossos munícipes que a bicicleta, o skate e a trotineta, entre outros, podem ser mais do que instrumentos de lazer para os tempos livres, podem ser meios de transporte, com benefícios coletivos e individuais», acrescentou. «A Figueira da Foz tem excelentes condições, morfológicas e de infra-estruturas construídas e equipamentos disponíveis para este efeito, e vai ter ainda mais», sublinhou. 


«O Dia Europeu Sem Carros é mais uma efeméride que tem por missão recordar à sociedade o seu papel ativo na preservação do ambiente, não apenas na reutilização e na reciclagem mas também na redução. Aqui temos formas, agradáveis, de reduzir as emissões de carbono, ou seja, de diminuir a nossa pegada ecológica», sintetizou o vice-presidente da Autarquia, Carlos Monteiro. «O poder público tem o dever de dar o exemplo, e estamos a fazê-lo, ao melhorar o isolamento térmico dos edifícios municipais, reduzindo os consumos energéticos; ao substituir a iluminação pública antiga por sistemas mais eficientes, nomeadamente LED; ao promover obras que privilegiam o peão e desincentivam, sem proibir, o uso do automóvel; ao criar condições para os carros elétricos, dotando a cidade de postos de abastecimento; ao aumentar as vias cicláveis, as ciclovias; ao apostar num espaço de formação para que todos possam aprender a andar de bicicleta e a mantê-la e a conduzi-la de forma segura na via pública e, também, ao dotar o Concelho de um sistema de bicicletas partilhadas», elencou o autarca. «A bicicleta não é o único meio de transporte amigo do ambiente, mas é dos mais apelativos, porque é rápida, chega a todo o lado e não acarreta dificuldades de estacionamento», concluiu.


«É fundamental envolver as escolas neste novo paradigma da mobilidade, e temos de agradecer o entusiasmo com que os diferentes agrupamentos têm colaborado», destacou por seu turno, o vereador da Educação, Nuno Gonçalves. «Há aqui uma visível coerência entre políticas públicas setoriais, que têm em comum a meta da sustentabilidade», aduziu.

Para os mais pequenos, neste Dia Europeu Sem Carros no Jardim Municipal, destacaram-se as atividades de Segurança e Prevenção Rodoviária, dinamizadas pela Escola Segura da PSP. Para os adultos, uma exposição de veículos ecológicos deu a conhecer alternativas aos automóveis tradicionais, ao mesmo tempo que era possível estimar a Pegada Ecológica de cada um, isto é, o consumo de recursos naturais de acordo com o estilo de vida. Para miúdos e graúdos realizou-se ainda uma feira de trocas de bicicletas e uma exposição destes veículos amigos do ambiente e da boa forma física. O programa abarcou ainda um workshop para aprender a aumentar a eficiência dos carros e redução de emissão de CO2, a divulgação dos Postos de carregamento para carros elétricos no âmbito do Programa para mobilidade sustentável ECO.mob, dicas para diminuição da pegada ecológica e a exibição do Figueira Ciclável, um mapa com a indicação de ciclovias, redes cicláveis e pontos turísticos que deu a conhecer o que já está disponível, o que está previsto e o que está em projeto.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.



FotografiaLDA

Principais destaques da semana

Anuncie AQUI

Copyright © Foz ao Minuto