Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

FotografiaLDA

28 de agosto de 2018

PSD/Figueira da Foz acusa o PS Figueira da Foz querer «secretismo nas obras»



Os sociais democratas da Figueira da Foz, através de comunicado acusam o Partido Socialista local de querer secretismo nas obras. O PSD acusa os socialistas de se recusarem a «assinar a realização da Assembleia Municipal Extraordinária, evidenciando o seu comportamento arrogante e déspota» refere a mesma fonte.

O PSD acusa os socialistas que «imperar o secretismo, com reuniões à porta fechada e a apresentação de documentos pouco antes do inicio das reuniões» e acusa também o «Presidente da CMFF João Ataíde, e Vereador das obras Carlos Monteiro de se esconderem das questões colocadas, impondo somente a sua vontade, fazendo lembrar outros tempos».





Leia na íntegra o comunicado social-democrata:

«O PS Figueira da Foz quer secretismo nas obras
O PSD da Figueira da Foz, por diversas vezes e nos locais próprios, se manifestou contra a forma e contra muito do que vai ser feito nestas obras, as quais o Sr. Presidente da Câmara e o seu Vice-Presidente e Vereador das Obras pretendem realizar na frente marítima de Buarcos, na zona antiga da cidade e no Cabedelo.
Pelas declarações públicas, nos últimos dias, dos dois mais altos responsáveis camarários (Dr. João Ataíde e Dr. Carlos Monteiro), constata-se afinal que nem eles próprios conhecem os projetos que aprovaram, sem ouvir os figueirenses!!!
Por outro lado, ainda não se conhece os pareceres das respetivas Juntas de Freguesia!!!
Ora, como nem a ACIFF foi ouvida, nem outras Entidades com relevância para este processo, pretendeu o PSD, através dos seus Deputados Municipais, agendar uma Assembleia Municipal extraordinária,com vista a que estas obras e intervenções fossem devidamente apresentadas e discutidas, e, eventualmente, poder-se sugerir a introdução de algumas alterações, de forma a que o resultado fosse uma verdadeira mais-valia para o concelho.
Neste sentido, propôs o Grupo eleito pelo PSD para a Assembleia Municipal, a anuência de todos os seus membros, tendo os deputados do PCP e do BE aceitado tal desiderato, o que agradecemos e enaltecemos; porém, para que tal fosse possível, era necessária apenas mais uma assinatura de um deputado socialista, e essa faltou!!!
Faltou uma vez mais ao concelho da Figueira, o PS, que se arroga ser um Partido democrático que preza a liberdade e que gosta de ouvir o povo; mas recusou-se, uma vez mais, a assinar a realização da Assembleia Municipal Extraordinária, evidenciando o seu comportamento arrogante e déspota, o qual já vem sendo prática na Câmara Municipal, onde impera o secretismo, com reuniões à porta fechada e a apresentação de documentos pouco antes do inicio das reuniões.
O PSD entende que não é assim que se prestigia a democracia.
O PSD não é contra as obras, entende é que há obras mais prementes no concelho, mas como o PS assim não o entende, devem estas, que estão a iniciar-se, serem debatidas e corrigidas, sempre com o pensamento no bem-estar dos munícipes e de quem nos visita, e isto não pode ser concretizado numa Assembleia Municipal Ordinária com uma agenda de 14 ou mais pontos e limitação de tempo.
Se o problema são os custos da Assembleia Municipal, o PSD prescinde da senha presença.
Era bom que o Sr. Presidente da Câmara, o Vereador das Obras e líder local do PS, Dr. Carlos Monteiro, respondessem a estas questões, e que não se escondessem, impondo somente a sua vontade, o que faz, infelizmente, lembrar outros tempos».

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Principais destaques da semana

Anuncie AQUI

Copyright © Foz ao Minuto