Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

FotografiaLDA

8 de abril de 2018

Naval reduzida a 9 jogadores vence Moinhos por 1-0

Foto de Ana Costa



DESPORTO


A Naval venceu o Moinhos por 1-0, numa partida a em que foram expulsos dois atletas (Rodolfo e João Vasco) ainda durante a primeira parte. O golo foi apontado pelo capitão de equipa, Fernando nos instantes finais do encontro.




Crónica de Jogo (por Rogério Neves)


A Naval 1893 venceu hoje o vice comandante Moinhos por 1-0 golo marcado em cima do minuto 90 num cabeceamento mortífero do “capitão” Fernando Campagnolo que na sequência de um canto garantiu os três pontos à equipa figueirense.

Foi uma vitória que teve um sabor especial, já que os figueirenses jogaram toda a segunda parte com menos dois jogadores por expulsão directa de João Vasco (35) e segundo amarelo a Rodolfo (45).

O conjunto da Naval 1893 queixou-se da arbitragem e dos seus critérios, ficando a ideia que houve alguma deficiência de análise em alguns lances o que evidenciou falta de classe e categoria para um jogo desta importância, sendo a equipa da casa a principal prejudicada (com duas expulsões).

Quanto ao jogo o Moinhos desde cedo deixou transparecer ao que vinha, apresentando uma equipa organizada, rápida nas transições defesa/ ataque e muito segura defensivamente.

A Naval quis de imediato pegar no jogo mas o Moinhos não o permitiu. O primeiro lance que fez mexer a bancada aconteceu aos 15 minutos com João Daniel a obrigar o guardião visitante (o melhor jogador no terreno) a defesa arrojada.

Num lance mais viril mas sem ponta de maldade – no máximo o amarelo era aceitável) João Vasco foi punido com vermelho directo, aos 38 e 40 dois lances passiveis de castigo máximo ficaram por assinalar, mesmo em cima do intervalo num lance normalíssimo Rodolfo é punido com 2º amarelo e consequente expulsão.

Diante destas incidências não se vislumbrava tarefa fácil para a Naval 1893, contudo, os figueirense cerraram fileiras e foram dando para as encomendas – e foram muitas – todavia refira-se que a melhor ocasião de golo deste período foi dos figueirenses quando Graça rematou ao lado na cara do guarda-redes com esta praticamente batido.

O momento de felicidade figueirense surgiu aos 90 minutos. A Naval 1893 beneficiou de canto, Fernando voou nas alturas e com primoroso golpe de cabeça sentenciou a partida garantindo os três pontos e a liderança da competição.


Na próxima jornada, 1.ª da segunda volta a Naval recebe o Mirandense na Figueira da Foz.


Fonte: ZeroZero

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Principais destaques da semana

Anuncie AQUI

Copyright © Foz ao Minuto