Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

publicidade.fozaominuto@gmail.com

3 de abril de 2018

Montemor-o-Velho: “Laço Azul” continua a alertar para os maus-tratos na infância


MONTEMOR-O-VELHO


A Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Montemor-o-Velho continua, à luz do que tem feito nos anos anteriores, a querer alertar para os maus-tratos na infância e juventude. Com a colocação do Laço Azul na fachada da Câmara Municipal queremos sensibilizar e consciencializar a comunidade para esta problemática”, avançou Paula Rama, vereadora e presidente da CPCP de Montemor-o-Velho, no dia 3 de Abril, durante a iniciativa que vai decorrer durante o todo o mês.



A colocação do laço azul contou com representantes da modalidade restrita e alargada da CPCJ de Montemor-o-Velho. A campanha Abril: Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância surge de um desafio da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Protecção das Crianças e Jovens e, em Montemor-Velho, a CPCJ preparou um conjunto de actividades dirigidas a todos os públicos.

A par da distribuição de um cartaz alusivo à iniciativa, a ser afixado nas instalações da CPCJ de Montemor-o-Velho, nas Escolas, na Câmara Municipal, no Centro de Saúde e respectivas Extensões, nas Juntas e Uniões de Freguesia, na Segurança Social, nas IPSS’s, nas Associações, nos Bombeiros e na GNR, vão ser também distribuídos flyers com a história do laço azul, bem como foi proposto aos comerciantes do concelho decorarem as suas montras tendo em consideração a cor azul, numa alusão à campanha laço azul, e que as decorem com motivos alegres, que manifestem afectos, numa oposição aos maus-tratos. No final da campanha, o resultado vai poder ser visto numa exposição na Galeria Municipal.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Comentadores de Bancada

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Anuncie AQUI

Principais destaques da semana

Copyright © Foz ao Minuto