Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

FotografiaLDA

FotografiaLDA

25 de abril de 2018

Escola Bernardino Machado presente na Cimeira das Democracias em Lisboa


EDUCAÇÃO


No dia 19 de Abril, a Escola Secundária Bernardino Machado, esteve presente na Cimeira das Democracias, em Lisboa, dinamizada pelo Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica Portuguesa. João Patrão, aluno do 12.º ano do Curso de Línguas e Humanidades, na qualidade de Observador, participou numa reunião plenária subordinada ao tema “Liberdade de Expressão”.


Na sessão abertura, que teve lugar no Auditório Cardeal Medeiros, tomou da palavra de boas vindas o Director do Instituto de Estudos Políticos, Doutor João Espada, acompanhado pela Coordenadora da Cimeira, Doutora Mónica Dias e pela Reitora da Universidade Católica, Doutora Isabel Capeloa Gil.

O orador convidado para abordar o tema da “Liberdade de Expressão”, Doutor José Manuel Fernandes, fundador do jornal “Público” e do jornal “Observador”, começou por fazer uma explicação sobre o que é uma Democracia, tendo referido as múltiplas vantagens deste tipo de regime governativo. Aditou que «a Liberdade de Expressão já passou por melhores dias no mundo, desde a queda do Muro de Berlim em 1989 e que os EUA e Reino Unido já tiveram mais liberdade de expressão», não tendo esquecido o aviltante caso do assassinato da jornalista maltesa, devido à investigação dos “Panamá Papers”. Além disso, considerou que o regime chinês está e revelar-se "uma democracia sem liberdade".

O mesmo orador alertou, também, para a degradação do debate público e para o declínio da imprensa escrita que vai sendo suplantada pelas redes sociais. Concluiu, dizendo "que a liberdade de expressão não permite faltas de respeito pelas opiniões diferentes".

De seguida, João Patrão participou na comissão que analisou a temática das autonomias políticas, nomeadamente a situação Catalã e Escocesa, sob a orientação do Doutor Nuno Sampaio, o qual informou que «a Escócia vai voltar, em breve, a fazer um referendo, devido ao Brexit» mas vincou que «esta é uma questão secular.». 

Quanto à Catalunha, o orador alertou para o facto de que «a situação foi mal gerida, de parte a parte.». Acrescentou que «o Governo Central Espanhol não pode fazer contra-ataque com base na Constituição Espanhola que defende a existência de um único estado». Na opinião deste orador, «o referendo de outubro não teve qualquer valor, porque votaram apenas 40℅ dos catalães.». Por fim, afirmou que «esta divergência deverá ter uma solução política.».

Os professores da Universidade Católica de Lisboa, nomeadamente o Doutor Orlando Simões, explicaram aos numerosos alunos, oriundos de várias escolas secundárias do país, como funcionava o Curso de Ciências Políticas e de Relações Internacionais.
Jornada longa, que exigiu viagem madrugadora, da Figueira da Foz até Lisboa, porém, verdadeiramente enriquecedora para os alunos que presentemente frequentam o 12.º ano.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Anuncie AQUI

Principais destaques da semana

Copyright © Foz ao Minuto