Anuncie AQUI

21 de janeiro de 2018

Rancho Folclórico de Santo Varão cantou as janeiras nos Paços do Concelho




MONTEMOR-O-VELHO


No dia 20 de Janeiro, o Rancho Folclórico do Centro Beira Mondego (CBM) – Santo Varão deu continuidade à tradição e deslocou-se até aos Paços do Concelho para cantar as Janeiras.

O presidente da Câmara, Emílio Torrão, acompanhado do vereador Décio Matias e do presidente da Junta de Freguesia de Santo Varão, João Girão, agradeceu a visita, desejou um bom ano de 2018 e reforçou: “Estarei sempre disponível para colaborar convosco e aproveito para vos desejar os maiores sucessos pessoais e também os maiores sucessos para o rancho e para o Centro Beira Mondego”.

No momento, Pedro Santos, coordenador do Rancho Folclórico do CBM- Santo Varão, desejou, igualmente, “um bom ano de 2018 para todos” e referiu: “É sempre um gosto sermos recebidos na Câmara Municipal. Estamos aqui para mostrar que continuamos a dar seguimento à tradição, mas que também continuamos a trabalhar em prol da divulgação da nossa localidade, das nossas tradições e das vivências de antigamente”.

Antes de se despedirem a cantar “Despedida despedida / Despedida bela luz / Vivam os donos desta casa / Amanheçam com Jesus”, o Rancho Folclórico do CBM – Santo Varão recebeu a oferta de calendários de secretária elaborados pela Câmara Municipal.
A formação santovaronese continuou a encantar e a cantar as Janeiras, tendo passado pela Santa Casa da Misericórdia de Montemor-o-Velho, Associação Humanitária dos Bombeiros de Montemor-o-Velho e Junta de Freguesia de Santo Varão. Segundo comunicado do município montemorense.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Anuncio

Anuncio
Copyright © fozaominuto