Bem-Vindo à Foz ao Minuto, líder de audiências na Figueira da Foz

publicidade.fozaominuto@gmail.com

publicidade.fozaominuto@gmail.com
A melhor forma de anunciar no século XXI

FotografiaLDA

13 de janeiro de 2018

Crónica de Tiago Ferreira: O que nos espera no 1.º Semestre

Caricatura de Sete Pecados Imortais



Crónica de Tiago Ferreira: O que nos espera no 1.º semestre


            À primeira vista, o ano que agora começa, poderá parecer calmo do ponto de vista político, no entanto essa ideia poderá representar um enorme engano. Apesar de não existir nenhum ato eleitoral, em Portugal, vamos assistir a um permanente clima de pré-conflito entre os vários atores políticos. 

A relação entre Marcelo Rebelo de Sousa e o executivo liderado por António Costa a cada dia que passa tende a degradar-se. Exemplo disso são as declarações, esta semana, de Francisca Van Dunem a propósito da renovação do mandato de Joana Marques Vidal. Tais declarações nunca deveriam ter sido proferidas numa fase em que ainda faltam 10 meses para o final deste mandato, em que é necessário juntamento o Presidente da República uma coordenação sobre tal assunto e em que a diplomacia angolana faz sérias pressões em torno do caso de Manuel Vicente.

Na frente financeira e económica vai ser interessante verificar qual o papel que Mário Centeno vai exercer na liderança do Eurogrupo, quais as mudanças que vai tentar implementar e mais importante verificar se vai adotar um discurso em Portugal e outro perante os parceiros europeus. Ainda a este nesta frente vai ser atraente, ver se BE e PCP vão ou não ser críticos do exercício do Ministro das Finanças.

Já que falámos da União Europeia vai ser curioso ver qual o desfecho do resultado das eleições italianas em março. Neste momento é muito difícil adivinhar quem será o vencedor deste ato eleitoral. O Partido Democrático, de Matteo Renzi, cozinha nos bastidores uma coligação com o Força Itália de Berlusconi. 

Desde a derrota no referendo constitucional, em dezembro de 2016, que Renzi se afastou dos escaparetes para preparar estas eleições, no entanto perante a opinião pública a sua imagem está bastante desgastada. Devemos ter em atenção que, ao contrário das eleições que se realizaram na Alemanha e França, onde se verificou uma subida de partidos xenófobos, em Itália a questão das regiões é muito relevante.

Ainda no primeiro semestre deste novo ano, vai ser interessante observar o degradar de Donald Trump.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Principais destaques da semana

Anuncie AQUI

Copyright © Foz ao Minuto