27 de dezembro de 2017

Curiosidades sobre o Reveillon em Portugal e noutros países


CULTURA

Joel Perpétuo



Significado da palavra Reveillon


Está-se aproximar o «Reveillon», um termo usado por muita gente, e desconhecido de algumas pessoas, na verdade esta é uma palavra francófona, proveniente da palavra «réveiller» que significa despertar, que é usada para designar a festa de ano novo, que engloba uma ceia festiva e consequente passagem de ano.

Como é comemorada a passagem de ano em Portugal?

Em Portugal a tradição mais comum é celebrar as 12 badaladas, a comer 12 passas ao mesmo tempo que se pedem 12 desejos, para os próximos 12 meses.

Normalmente, a noite começa com um jantar entre amigos ou familiares, com comidas típicas e doces da época (diferentes de norte a sul conforme a tradição gastronómica da região), o qual se realiza em grande animação até à chegada da meia noite.


Algumas das tradições comuns dos portugueses são as seguintes:

  • Escolha da cor da roupa interior, de acordo com os desejos para o próximo ano (normalmente em azul).
  • Utilizar uma peça de roupa nova.
  • Saltar de uma cadeira com dinheiro da mão, no bolso ou no calçado.
  • Fazer barulho com tampas de panelas, buzinas ou apitos, para afastar o mau olhado.
  • Saltar ou entrar num local com o pé direito.
  • Brindar com espumante.
  • Fogo de artifício.
  • Beijar o (a) parceiro (a).
  • Ir ao banho santo
  • Cantar as Janeiras.
  • Fazer promessas para o ano seguinte (Esta é uma tradição com 4 mil anos, feita não só em Portugal, mas em diversos países, que se iniciou na Babilónia, e que nem sempre são cumpridas!)

Há quantos anos se festeja o Reveillon?


O Reveillon é o feriado mais antigo do mundo. A primeira comemoração de Ano Novo ocorreu na Mesopotâmia por volta de 2 000 antes de Cristo, o que faz deste certame mais antigo do que o nosso actual calendário (gregoriano).


Os romanos foram os primeiros a estabelecerem um dia específico no calendário para as festividades de Ano Novo. O ano começava no dia 1 de Março, mas foi trocado em 153 a. C. para 1 de Janeiro – o que foi mantido no calendário juliano e, posteriormente, no gregoriano.


Como se festeja a passagem-de-ano noutros países?


Dinamarca: A ceia é à base de peixes e batatas. Os dinamarqueses sobem para cima de cadeiras, saltam e brindam o Ano Novo com champanhe assim que o relógio marca meia-noite.
Escócia: Tanto homens como mulheres comemoram a passagem de ano com beijos… na boca. 

Austrália : Quando o relógio marca meia-noite, os australianos atiram com chumbo derretido na água. As figuras que aparecem quando o chumbo arrefece são guardadas como um amuleto.
Honduras: Os hondurenhos atiram três laranjas – uma sem casca, uma com parte da casca removida e outra com toda a casca para debaixo da cama sem olhar. Depois, pegam a laranja que estiver ao alcance da mão. Se pegarem a laranja com casca, acreditam que terá sorte no ano que se inicia; se pegarem a laranja com parte da casca, a crença é de que irão ter um ano normal; se pegarem a descascada, o ano será bastante mau.
Espanha: Os espanhóis, tal como os portugueses tem a tradição de celebrar as 12 badaladas. Na sua maioria, optam por uvas no lugar das passas. Em Madrid, a meia noite é passada na Puerta Del Sol e só depois vão festejar para as discotecas e bares.
Itália: Os italianos tem como tradição escrever os seus desejos num papel e atirar para a lareira na mudança do ano, esperando que estes se realizem. Pra simbolizar o a renovação e o recomeço de um novo ano, tem também a tradição de deitar fora roupas, peças e objectos que já não precisam nem têm utilidade. Os italianos usam roupa interior vermelha como tradição.

Brasil: No Brasil a Passagem de Ano é por norma celebrada na praia, também porque é verão e o tempo está quente. No Rio de Janeiro a praia de Copacabana, enche-se de milhares de pessoas que assistem aos espectáculos, concertos e ao famoso fogo de artificio. Um dos rituais obrigatórios em nome de Yemanjá, é vestir roupa branca e atirar flores ao mar depois de saltar 7 ondas.

Irlanda: A tradição na Irlanda é que as raparigas solteiras durmam com azevinho debaixo da almofada, na esperança de encontrar um novo amor no próximo ano. Outra das tradições mais célebres é o mergulho nas águas geladas do Atlântico na manhã de dia 1 de Janeiro. Um ritual cumprido apenas pelos mais corajosos.
Estados Unidos da América: A principal tradição é o Beijo da meia noite. Em Nova Iorque, a zona mais conhecida é Times Square, onde a contagem decrescente é celebrada com a descida da célebre “Eve Ball” que explode assim que se entra no novo ano. O Réveillon é sempre festejado com grande euforia e animação.
Filipinas: Um dos rituais tradicionais consiste no uso de uma peça de roupa às bolas. Os filipinos acreditam que pela sua forma se assemelhar à forma das moedas, terão um ano mais próspero e financeiramente mais rico. A peça deve ainda ter bolsos para guardar algumas moedas.
México: Os mexicanos, como símbolo de renovação, tem o ritual de lavar a casa, a roupa e os seus bens.
Chile: Em Talca, uma pequena cidade chilena localizada a 255 km de Santiago, os moradores têm o costume de passar o Ano Novo no cemitério, junto aos familiares mortos. As portas do local se abrem sempre às 23h45 do dia 31 de Dezembro, para que as pessoas entrar no novo ano, perto dos seus familiares.
Japão: As pessoas têm o hábito bastante comum antes das festividades de Ano Novo é jogar as coisas velhas fora.

África do Sul: Em Joanesburgo, algumas localidades têm a tradição de atirar mobília velha pela janela, de forma a entrar no ano novo de forma libertadora.

Rússia:  No Lago Baikal, é tradição cortar um bocado de gelo e fazer-se mergulho, indo até ao fundo do lago com uma árvore "do ano novo", para a plantarem, apesar de ser uma tradição, só os mergulhadores profissionais podem participar neste evento.

O último lugar do mundo a comemorar a chegada do ano novo é Samoa, no Oceano Pacífico, o primeiro é a Ilha Pitt, na costa Oriental da Nova Zelândia.


Existe também um lugar onde todos os dias se comemora a passagem de ano, em Pleasure Island num dos parques do complexo Disney em Orlando, Flórida nos Estados Unidos. A cada 24 horas, os turistas saem às ruas para festejar mais um réveillon.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Anuncio

Anuncio
Copyright © fozaominuto