Anuncio

Anuncio

30 de novembro de 2017

PSD Figueira da Foz questiona resposta tardia por parte dos meios aéreos no naufrágio da embarcação "Veneza"



POLÍTICA


Os deputados da Assembleia da República pelo circulo eleitoral de Coimbra, lançaram várias questões ao Ministro da Administração Interna e ao Ministro da Defesa Nacional acerca do socorro prestado ao naufrágio que ocorreu no passado dia 29 de Novembro.
Para os social-democratas :«de acordo com o noticiado o alerta foi dado às 04h16m e o helicóptero só chegou ao local por volta das 07h30m. Sendo que o meio aéreo saiu da Base do Montijo. Como é do conhecimento de todos, no passado dia 6 de Outubro de 2015, o arrastão “Olívia Ribau” naufragou à entrada da barra da Figueira da Foz e muitas foram as notícias relacionadas com as falhas no salvamento e facto disso, muitas dúvidas ficaram por esclarecer e muitos medos ficaram reavivados».
Referem também «que os meios aéreos que participaram na operação de socorro da embarcação que naufragou em 2015 também se deslocaram da Base aérea do Montijo. Sendo que a rapidez e a eficácia dos meios de socorro perante uma emergência são fundamentais para uma operação de salvamento, não entendemos porque não se utiliza, por uma questão da proximidade, a Base aérea de Monte Real».
E questionam também que: «passados mais de 2 anos volta a acontecer mais um acidente com uma embarcação. Mais uma vez fica a dúvida se o número de vítimas seria tão elevado se os meios de salvamento fossem mais eficazes».
O Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata endereçou as seguintes questões ao Ministro da Administração Interna/Ministro da Defesa Nacional:

  1. Qual a justificação para uma resposta tão tardia por parte dos meios aéreos relativamente ao alerta inicial do naufrágio da embarcação “Veneza”?

  1. Considera o Governo ou não pertinente a existência de meios aéreos destinados a buscas e salvamentos em meio marítimo na Base aérea de Monte Real?

Segundo fonte do Partido Social Democrata da Figueira da Foz, «estão muitas dúvidas por esclarecer».

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Copyright © fozaominuto