Anuncio

Anuncio

18 de novembro de 2017

Apresentação da Corrida e Caminhada dos Bombeiros Voluntários de Brasfemes


SOLIDARIEDADE

Apresentada corrida e caminhada para apoiar os Bombeiros de Brasfemes

Primeira edição da iniciativa 100% solidária está agendada para o próximo dia 26 de Novembro, que visa correr ou caminhar ao longo de 8 km, entre o Parque Verde e o Choupal, e vice-versa, privilegiando a zona ribeirinha do Mondego. As inscrições estão abertas até terça-feira.

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Brasfemes (AHBVB), em colaboração técnica com a Associação Desportiva 4 Estações, deu a conhecer, na sua sede, a primeira corrida e caminhada para apoiar os Bombeiros de Brasfemes, a ter lugar no próximo dia 26 de Novembro.
Numa cerimónia em que estive presente Gonçalo Santos (presidente da AHBVB), Acácio Monteiro (comandante dos Bombeiros Voluntários de Brasfemes), João Paulo Marques (presidente da Junta de Freguesia de Brasfemes), Pedro Rosário (CEO da Gasmondego) e Marta Prata (representante da Câmara Municipal de Coimbra), coube a Guilherme Martins aprofundar detalhadamente o percurso.
«Os participantes vão encontrar um traçado plano de oito quilómetros, sem qualquer dificuldade, com partida e chegada ao Parque Verde, na margem direita do rio Mondego, em Coimbra, com passagem pelo Parque da Cidade e Avenida Aeminium até ao Choupal, com cerca de quatro quilómetros a percorrer na Mata Nacional, com o regresso, no sentido inverso, até ao Parque Verde», começou por aclarar o responsável pela Associação Desportiva 4 Estações.
Segundo Guilherme Martins, «o nível de dificuldade é muito baixa, permitindo a participação de todos os interessados em ajudar os Bombeiros Voluntários de Brasfemes, quer para os atletas mais experientes, como aqueles menos habilitados». «A alternativa, para os restantes interessados, têm uma caminhada a desenvolver pelo mesmo percurso, sempre com o lençol de água do Mondego a refrescar e tonificar o esforço», sublinhou o responsável.
A corrida e a caminhada solidária estão marcadas para as 10h30 do dia 26 do corrente mês e, tratando-se de uma iniciativa conjunta de cariz solidária, as inscrições terão de ser efectuadas o mais rapidamente possível, tanto na sede na sede dos Bombeiros Voluntários de Brasfemes, através do site (www.bvbrasfemes.pt) ou da página do Facebook. Por nove euros, que revertem na totalidade para a corporação de bombeiros, os participantes têm direito a uma t-shirt e um dorsal personalizado, sendo obsequiados, no final, com uma refeição ligeira, composta por caldo verde, sandes e fruta. Os três vencedores dos 10 escalões definidos, masculinos e femininos, recebem um diploma alusivo ao evento, bem como medalhas oferecidas pela Câmara Municipal de Coimbra.

PSP e PM na estrada para prevenir a segurança da prova a título gracioso


A segurança é um ponto primordial a ter em linha de conta por parte da estrutura organizativa. Para asseverar tranquilidade total, a Polícia de Segurança Pública (PSP) e Polícia Municipal (PM) supervisionam “in loco” alguns locais para orientar o trânsito, com a particularidade de também se associarem a esta causa nobre, fazendo-o de forma totalmente gratuita.
Gonçalo Santos, presidente da AHBVB, congratulou-se com a iniciativa, precisamente numa altura «em que as dificuldades aumentaram, as despesas dilataram e não são comparticipadas pelo Estado» num ano de grandes solicitações para incêndios, prometendo, «colocar cada cêntimo angariado ao serviço da comunidade».
No rescaldo de um Verão atípico, que provocou «um enorme desgaste no material dos bombeiros, surgiu a ideia de poder contribuir para que a Associação Humanitária continue a desempenhar a sua missão, sem falhas, através de uma iniciativa solidária que envolva toda a população», reforçou Gonçalo Santos.

Já o comandante dos Bombeiros Voluntários de Brasfemes, Acácio Monteiro, frisou que é o timoneiro «de mais de um a centena de elementos que integram o corpo activo», sublinhando «que todos nos orgulhamos de ser bombeiros do município de Coimbra e estamos onde é preciso actuar para ajudar a população nas mais diversas vertentes».
Até por isso, esta iniciativa «é uma forma de repor algumas energias no campo financeiro, que este ano foi muito difícil, com despesas acrescidas».
João Paulo Marques, presidente da Junta de Freguesia de Brasfemes, acentuou que «somos a única aldeia em Portugal que tem uma corporação de bombeiros, que têm ainda a particularidade de servirem o município, o distrito e o país».
Por isso, o autarca admitiu que os subsídios atribuídos aos Bombeiro Voluntários de Brasfemes «não são condignos com o trabalho que fazem, pela freguesia, pelo concelho e pelo distrito», e reforçou o apelo «à participação neste evento solidário».
Além da Câmara Municipal de Coimbra, Junta de Freguesia de Brasfemes e Associação Desportiva 4 Estações, a primeira edição da Corrida e Caminhada Solidária a favor dos Bombeiros Voluntários de Brasfemes conta com o apoio das empresas Gasmondego e 111 Sport, associando-se, igualmente, a Galp, com Pedro Rosário a mencionar que a companhia petrolífera vai contribuir com um patrocínio «simpático».


Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Copyright © fozaominuto