Receba novidades da Foz ao Minuto no seu Email

29 de outubro de 2017

José Bernardes abre temporada da "Embarcação do Inferno" na Figueira da Foz

Foto de Jornal do Tornado

CULTURA

A conferência "Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo", por José Augusto Cardoso Bernardes, abre a temporada do projecto "Embarcação do Inferno" no Centro de Artes e Espectáculos (CAE) da Figueira da Foz, já no próximo dia 2 de Novembro, quinta-feira. O programa inclui ainda espectáculos para escolas e para o público em geral e uma oficina para professores.

Imediatamente após a mais recente temporada em Coimbra, A Escola da Noite e o Cendrev levam de novo o seu projecto vicentino em digressão. A segunda fase da viagem nacional desta co-produção começa no CAE da Figueira da Foz e inclui todas as actividades do projecto: a conferência de José Augusto Bernardes (2 de Novembro, quinta-feira, às 18h30, com entrada gratuita); uma oficina de 8 horas destinada a professores do ensino básico e secundário (3 e 4 de Novembro, em horário pós-laboral); e três sessões do espectáculo - na sexta-feira, 3 de Novembro, às 10h30 e às 14h30 (para o público escolar) e no sábado, 4 de Novembro, às 21h30.

A palestra de José Bernardes é mais uma etapa do ciclo de conferências "Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo", desenhado pelo professor e investigador da Universidade de Coimbra, reconhecido como um dos mais destacados especialistas na vida e obra do primeiro dramaturgo português. Com a extraordinária capacidade de comunicação que o caracteriza, Bernardes tem ajudado a iluminar, junto de todos os tipos de público, o sentido que continua a fazer visitar a obra vicentina 500 anos depois de ela ter sido escrita. Depois de ter acompanhado o espectáculo nas suas primeiras apresentações em Évora e em Coimbra e nas digressões a Bragança, Aveiro, Viana do Castelo, Caldas da Rainha e Barreiro, o professor realiza agora a conferência na sua cidade natal, no Pequeno Auditório do CAE. A iniciativa tem entrada gratuita e serve de apresentação à globalidade do programa que vai acontecer nos dois dias seguintes.

Na sexta-feira, logo pela manhã, terá lugar a primeira sessão para o público escolar (já esgotada). Sobram ainda alguns lugares para a sessão da tarde, marcada para as 14h30. Ao final da tarde (entre as 18h00 e as 20h30), começa a sexta edição da oficina para professores concebida no âmbito do projecto "Embarcação do Inferno". Dirigida por António Augusto Barros e José Russo - encenadores do espectáculo (e directores artísticos de duas das companhias portuguesas que mais aprofundadamente têm trabalhado o património vicentino) - a formação tem como objectivo partilhar algumas ferramentas de trabalho teatral que possam auxiliar os professores na sala de aula no ensino do teatro e, em particular, do "Auto da Barca do Inferno". Destina-se a um máximo de 15 participantes, de forma a assegurar a qualidade e a profundidade do trabalho, que inclui exercícios práticos. Na Figueira da Foz, a oficina terá lugar ao longo de dois dias, em horário pós-laboral: sexta-feira, 3 de Novembro, entre as 18h00 e as 20h30; e sábado, 4 de Novembro, entre as 14h30 e as 19h00. A inscrição custa 10 Euros e inclui a oferta de bilhete para assistir ao espectáculo, em qualquer uma das três sessões agendadas.

No sábado, às 21h30, terá lugar a sessão para o público em geral. "Embarcação do Inferno" será apresentada no Grande Auditório do CAE - os bilhetes custam 5 Euros e podem ser adquiridos online, a partir do site da sala de espectáculos.

Ainda em Novembro, a "Embarcação do Inferno" rumará de novo à "casa-mãe" - o Teatro Garcia de Resende, em Évora (entre os dias 9 e 19) - e a Castelo Branco (dias 22 a 25). Já em 2018, o projecto com que A Escola da Noite e o Cendrev estão a comemorar os 500 anos da primeira apresentação do mais conhecido e emblemático texto de Gil Vicente, também conhecido como Auto da Barca do Inferno, prossegue a sua digressão nacional, estando já confirmada a temporada no Porto, no Teatro Carlos Alberto, entre 17 e 21 de Janeiro.


Fonte: In Pravda.RU

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Copyright © fozaominuto