Anuncio

Anuncio

23 de julho de 2017

Folclore, Fado e Saxofone na Casa do Povo de Maiorca



ETNOGRAFIA
Joel Perpétuo

«A vida no Campo nos anos 40 e 50» foi o tema central do certame que decorreu no passado sábado dia 22 de Julho na Casa do Povo de Maiorca, organizado por Mariana Sales, com o apoio da Casa do Povo de Maiorca e Cruz Vermelha de Maiorca.

O evento começou com actuação de Bruno Vicente, que com o seu saxofone interpretou vários temas, "dando música" aos presentes. Depois seguiu-se o folclore com a actuação do Rancho de Arneiro de Fora, e o evento só viria a terminar depois de uma sessão de Fados.

A Foz ao Minuto falou com Mariana Sales, organizadora do evento que nos explicou como surgiu a ideia deste projecto:

«A ideia surgiu através de um projecto que eu tenho que criar para o meu curso (a Prova de Aptidão Profissional). Eu estudo Turismo e tentei relacionar o meu curso com Turismo sénior, uma tema que "ninguém pega", juntei o útil ao agradável e combinei as coisas que são mais próximas aos seniores, que estão relacionadas com a vida no campo, contrariamente aos jovens que são mais próximos da vida na cidade.

Tentamos reunir tanto o rancho, como o fado, coisas características daqui de Maiorca, reunimos ainda o saxofone para ser algo que também agrada-se aos seniores». Elucidou-nos Mariana.

Questionada do porquê da escolha de Maiorca e do balanço deste evento, a jovem organizadora foi peremptória.

«Maiorca porque eu cresci em Maiorca, apesar de viver na Figueira, tenho raízes maiorquenses e optei por isso por fazer aqui. Em relação ao evento, foi bastante bom, não correu totalmente como se esperava mas deu-se a volta e em geral foi óptimo».



Fotogaleria






































Freguesia de Maiorca, Figueira da Foz.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Direitos de autor

Todo o conteúdo deste site encontra-se protegido por direitos de autor. Não é autorizada a cópia permanente, no todo ou parte, e por qualquer forma, do conteúdo deste site, nem a colocação de links para este site em outros sites, sem o consentimento prévio escrito da Foz ao Minuto.

O utilizador não está autorizado a transmitir, distribuir, publicar, modificar, vender ou utilizar por qualquer forma a informação, incluindo imagens, contida neste site.

A prática de plágio é considerada crime, segundo a lei portuguesa.

A Foz ao Minuto encontra-se registada na Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) com o número de registo 126961, e encontra-se apta para as suas funções.


Copyright © fozaominuto