17 de julho de 2017

Está a decorrer o 43.º Festival Internacional de Folclore de Maiorca até dia 20 de Julho


FOLCLORE

O 43.º Festival Internacional de Folclore de Maiorca - FestiMaiorca 2017, está a decorrer  desde o dia 15 e vai terminar no dia 20 de Julho O evento deste ano vai contar com a presença de grupos oriundos do Chile, Geórgia,  México, Quénia, Sérvia, Tailândia  e Portugal . Este ano, pela primeira vez, o festival conta com a presença de grupos do Chile, Tailândia e Quénia .

Os grupos estrangeiros são os seguintes:

Ivane Javakhishvili Tbilisi State Universtiy Ensemble- Geórgia
” Kud Dimitrije Kuturovic” – Belgrado - Sérvia
” Khok Khon Witthayakhom School Dance Group “- Tailândia
Compañía Mexicana de Danza Folklórica – México
-African Tumbas of Kenya – Quénia
 -Ballet Folclórico del Bio Bio Bafobiobio – Chile

A participação Nacional está a cargo dos seguintes grupos:

Rancho Folclórico da Casa do Povo do Cano- Sousel
Grupo Regional de Moreira da Maia
Rancho da Associação Cultural da  Casa do Povo da Livração- Marco de Canavezes
Rancho Folclórico de Cidacos – Oliveira de Azeméis
Rancho Regional da Casa do Povo de Ílhavo
Grupo Folclórico da Vila de Pereira
Grupo Etnográfico do Arneiro de Fora
Grupo Folclórico da Ereira
-Rancho das Cantarinhas de Buarcos
-  Rancho Folclórico e Etnográfico "Os Cavadores do Saltadouro"
- Rancho das Salineiras de Lavos
-Rancho Folclórico da Casa do Povo de Maiorca

No dia 15 foi o dia em que se realizaram várias iniciativas, sendo um dos dias mais fortes do FestiMaiorca 2017 em que  se   realizou a  recepção oficial dos grupos participantes na Câmara Municipal da Figueira da Foz.

Na Sessão Solene que ocorreu no salão nobre nos Paços do Concelho da Figueira da Foz, o Dr. José Carvão em nome da entidade organizadora (Casa do Povo de Maiorca) salientou que ao longo destas quarenta e três  edições o nome de Maiorca e da Figueira da Foz tem sido falado nos quatro cantos do Mundo, tendo referido que num Mundo Globalizado, em que todos os povos cada vez parecem mais iguais , o folclore é um meio que permite distinguir e diferenciar as diferentes nações do Mundo que têm uma rica e variada cultura que é bem representada  pelos Ranchos Folclóricos, que deviam ser mais  apoiados pelo Governo Central,  mencionou que dos cinco continentes existentes , falta só uma representação da Oceânia para o FestiMaiorca ser Planetário, realçando ainda  que o certame continua a ser um cartaz turístico do concelho o que dinamiza a economia local.
Por outro lado agradeceu o apoio prestado pela Câmara Municipal da Figueira da Foz, da Junta de Freguesia de Maiorca e do Centro Turismo de Portugal, bem como a outras entidades e empresas que apoiam o certame.
Filipe Dias e Paulo Couceiro em nome da Junta e da Assembleia de Freguesia de Maiorca, enalteceram a Casa do Povo de Maiorca, por continuar a organizar um evento de tão grande envergadura que espalha e prestigia o nome da Freguesia de Maiorca a nível nacional e internacional. 
A Drª Olga Brás mencionou «ser um motivo de orgulho para a Associação de Colectividades do Concelho da Figueira da Foz a realização deste certame» ,o Dr. António Gabriel , em representação da Federação de Folclore Português saudou a organização e a longevidade deste Festival Internacional de Folclore, sendo um dos mais importantes e com maior impacto a nível Nacional e o presidente da Assembleia Municipal da Figueira da Foz , Engº José Duarte mostrou se orgulho pela grandiosidade deste evento de tão grande qualidade e dimensão. 
Por outro lado o  Vereador  da Câmara Municipal da Figueira da Foz, Dr. Carlos Monteiro mostrou-se particularmente grato à organização e referiu que este  festival é um motivo de orgulho para o Município, já que se afirma no contexto mundial e que tem uma grande diversidade e qualidade e que enriquece e prestigia muito o concelho da Figueira da Foz.
Posteriormente realizou se o  Desfile do traje na Figueira da Foz da Esplanada Silva Guimarães ao Mercado Municipal que teve muitas pessoas a assistir.  Já em Maiorca à noite realizou se o Desfile do traje do Largo da Feira Velha ao Terreiro do Paço em Maiorca que foi seguida pela Gala de Abertura do Festimaiorca 2017 no Terreiro do Paço em Maiorca .O Presidente da Câmara Municipal da Figuiera da Foz , Drº João Ataíde no Terreiro do Paço em Maiorca , manifestou a sua grande satisfação pela realização do Festimaiorca 2017, que é um certame fulcral para o concelho da Figuiera da Foz e agradeceu o empenho e esforço à organização a cargo da Casa do Povo de Maiorca e enalteceu a qualidade dos grupos presentes e saudou os elementos do Rancho Folclórico da Casa do Povo de Maiorca , que levam as tradições ancestrais de Maiorca e do Baixo Mondego a todos os locais por onde passa.

Programa do Festimaiorca 2017 para os restantes dias :


Dia 18 de Julho - Hoje (Terça-feira)
22H00 Noite Internacional de Folclore de Maiorca – Casa do Povo Maiorca
– Quénia
-Grupo Etnográfico do Arneiro de Fora
Sérvia
22:30 Noite Internacional de Folclore na  Figueira da Foz na Preguiça
-Rancho das Cantarinhas de Buarcos
- Chile
- Geórgia
Dia 19 de Julho (Quarta)
22H00 Noite Internacional de Folclore de Maiorca – Casa do Povo Maiorca
- Tailândia
-Grupo Folclórico da Ereira
– México
22:30 Noite Internacional de Folclore na  Figueira da Foz na Preguiça
. Rancho Folclórico”  As Salineiras de Lavos”
– Quénia
– Sérvia
Dia 20 de Julho (Quinta)
22H00 – Gala de Encerramento do FestiMaiorca 2017 na Figueira da foz na Preguiça
- Tailândia
– Sérvia
- Chile
- Rancho Folclórico da Casa do Povo de Maiorca
-– Quénia
– México
- Geórgia

Dia 21 de julho

10H00 – Despedida e partida dos grupos estrangeiros
As diversas iniciativas  do certame são apresentadas por Cláudia Carilho, Martinho Trovão e Maria do Carmo.

-Gala de encerramento do Festimaiorca 2017 no dia 20 de Julho pelas 22:00 na Preguiça junto ao Espelho de Água do Forte de Santa Catarina  na Figueira da Foz.


Fotografias de José Guerra













Sem comentários:

Enviar um comentário

Copyright © fozaominuto