23 de julho de 2017

43.º Festival Internacional de Folclore de Maiorca foi o melhor de sempre (Veja as Fotos)

Fotografia de José Guerra

CULTURA

O 43º Festival Internacional de Folclore de Maiorca - FestiMaiorca 2017, realizou se   desde o dia 15 e terminou no dia 20 de Julho O evento deste ano contou  com a presença de grupos oriundos do Chile, Geórgia,  México, Quénia, Sérvia, Tailândia  e Portugal . Este ano, pela primeira vez, o festival conta com a presença de grupos do Chile, Tailândia e Quénia .

Os grupos estrangeiros foram os seguintes:

Ivane Javakhishvili Tbilisi State Universtiy Ensemble- Geórgia
” Kud Dimitrije Kuturovic” – Belgrado - Sérvia
” Khok Khon Witthayakhom School Dance Group “- Tailândia
Compañía Mexicana de Danza Folklórica – México
-African Tumbas of Kenya – Quénia
 -Ballet Folclórico del Bio Bio Bafobiobio – Chile
A participação Nacional esteve cargo dos seguintes grupos:
Rancho Folclórico da Casa do Povo do Cano- Sousel
Grupo Regional de Moreira da Maia
Rancho da Associação Cultural da  Casa do Povo da Livração- Marco de Canavezes
Rancho Folclórico de Cidacos – Oliveira de Azeméis
Rancho Regional da Casa do Povo de Ílhavo
Grupo Folclórico da Vila de Pereira
Grupo Etnográfico do Arneiro de Fora
Grupo Folclórico da Ereira
-Rancho das Cantarinhas de Buarcos
-  Rancho Folclórico “Os Cavadores do Saltadouro"
- Rancho das Salineiras de Lavos
-Rancho Folclórico da Casa do Povo de Maiorca

O programa desta iniciativa cultural, inclui a recepção dos grupo na Câmara Municipal da Figueira da Foz, o desfile do Traje no Picadeiro e em Maiorca, a Gala de Abertura no Terreiro do Paço, a Missa Internacional na Igreja Matriz de São Julião e na de Maiorca onde todos os grupos internacionais participaram com cânticos ,  as Noites de Folclore Internacional na Casa do Povo de Maiorca e na Preguiça na Figueira da Foz  , festas convívios e actuações dos grupos internacionais em Buarcos, Picadeiro, no Centro Social S. Salvador em Maiorca e no Lar de Nª. Srª. dos Remédios do Camarção.

A organização do Festimaiorca 2017, no final desta edição , em jeito de balanço, salientou que «este foi o maior e o melhor Festimaiorca de sempre , sendo difícil superar esta edição em 2018, face à grande qualidade de todos os grupos presentes, quer nacionais , quer internacionais, mas toda a equipa organizativa do certame  irá trabalhar para superar no próximo ano esta edição de 2017. A poesia e música do nosso povo, que nos foi legada geração após geração,  foi mais uma vez mostrada nos diversos palcos por onde passa o Festimaiorca 2017, onde os grupos participantes  demonstrarem em palco com a sua dança, cor, alegria, tradição e  beleza e diversidade cultural da cultura Mundial. Este evento saldou se num grande êxito pela presença de vários milhares de pessoas nas suas várias iniciativas».


Fotografias de José Guerra












Sem comentários:

Enviar um comentário

Copyright © fozaominuto