19 de junho de 2017

"Unidos Musicamos" - Reportagem Fotográfica e Entrevistas


Unidos Musicamos
Por Carlos Manuel Pinto


Inserido no programa da RTP "Aqui Portugal" e também nas comemorações da abertura da época balnear na cidade de Figueira da Foz, no passado dia 17 de Junho a cidade recebeu um espectáculo musical, no qual participaram todas as Filarmónicas da Figueira da Foz.

A Foz ao Minuto falou com alguns dos intervenientes deste espectáculo musical, Tiago Oliveira, maestro da Filarmónica dos Carvalhais, há um ano, destacou «os 46 elementos que actuam na Filarmónica, apesar de nem todos tarem presentes neste certame», e terminou deixando um apelo «as bandas precisam de mais apoio por parte das populações locais».


Fernanda Santos, Presidente da Sociedade de Instrução e Recreativa de Lares começou por dizer «que a filarmónica conta com 59 elementos, tem uma escola de música, mas quer transformar essa escola numa Academia de Música». Em relação ao evento, destacou «a importância deste, uma vez que o Concelho tem muitas bandas filarmónicas e esta é uma forma de prestigiar a música filarmónica.


Celso Rama, maestro da Filarmónica do Alqueidão realçou a qualidade do evento, no entanto,«o dia e a hora podiam ter sido melhor marcados». Esta filarmónica conta com 50 elementos, porém apenas 40 estiveram presentes no evento, devido a motivos profissionais e à época de exames.


Miguel Alves, maestro da Filarmónica do Paião, assumiu «dificuldades em arranjar novos membros», contando neste momento com 30 elementos. «As inúmeras actividades que existem hoje para os jovens, levam a outras opções que não são as filarmónicas».


Fernando Gonçalves, Presidente da Sociedade Boa União Alhadense, começou por destacar a importância da cultural das actividades existentes nas colectividades: «os pais e avós devem levar os filhos e netos para os diversos grupos culturais (teatro, bandas filarmónicas, desportos,etc), porque os miúdos precisam de aprender a lidar com diferentes realidades, bem como a cultura, de forma a crescerem». «A Filarmónica tem 73 elementos, e a Sociedade tem 163 anos de idade, foi fundada em 1854, tem neste momento também um grupo de metais, grupo de cantares, grupo cénico, o rancho 1.º de Maio e a escola de música que tem 40 membros».

Em relação ao evento, o dirigente associativo destacou que «serve para festejar o início da época balnear, e foi uma boa iniciativa».  E terminou acrescentando que «as filarmónicas deviam ter um melhor apoio».

Marta Anjos, Presidente da direcção da Filarmónica de Santana, que conta com 62 elementos, afirmou que o evento é «positivo, é uma forma de mostrar ao Concelho as diferentes bandas das diferentes freguesias, porém devia ter umas pequenas alterações em relação ao horário mas é um evento a repetir», terminando com um apelo aos pais para que estes consigam «incutir aos jovens o gosto pela música».

Bruno Cavalheiro, maestro da Banda Filarmónica da Associação Musical União Filarmónica Maiorquense, que conta com 45 elementos, afirmou que «é um evento de saudar, foi um belo espectáculo e também uma boa iniciativa do Município em promover a partilha de música de todas as filarmónicas do Concelho», indicando também que é «mais difícil arranjar fardamentos do que necessariamente elementos». 

Augusto Marques, Presidente da Casa do Povo de Quiaios e também da filarmónica local, que conta com 52 elementos, a qual não esteve representada na máxima força devido a "época de frequências" e a presença de alguns elementos nas Tasquinhas, afirmou que «todos os eventos que servem para valorizar as filarmónicas são importantes, no entanto não é o tipo de serviço que as filarmónicas preferem», preferiam antes um concerto conjunto. Acrescentou também que não se devem sobrepor as datas de diferentes eventos.

E por fim, o Presidente da Câmara João Ataíde, fez um balanço do evento : «com um dia esplendoroso de Sol, com uma temperatura suportável, para comemorar os 30 anos da bandeira azul e para mostrar a enorme qualidade das filarmónicas Figueirenses, que em principio deverá ser repetido».




Fotogaleria:


 





















Sem comentários:

Enviar um comentário

Copyright © fozaominuto