2 de abril de 2017

Naval derrotada pelo Oleiros

Fotografia de Ana Costa (Naval 1.º de Maio)

DESPORTO

A Naval 1.º de Maio foi derrotada por duas bolas a zero diante da formação do Oleiros numa partida da 8.ª jornada do Campeonato de Portugal (Série F - Fase de Manutenção), num encontro onde estiveram presentes cerca de 90 espectadores. A partida foi bastante equilibrada e bem disputada por ambas as equipas, porém o 2.º golo dos visitantes terminou a história do jogo, e a partir desse momento a formação do Oleiros geriu o encontro até ao apito final.


A Naval entrou muito bem no jogo, e a primeira ocasião de golo pertenceu precisamente aos homens da Figueira da Foz, logo aos 10 minutos, com um cabeceamento perigoso de João Silva após uma boa jogada de ataque do conjunto navalista. A formação da Beira Baixa respondeu aos 13 minutos com Jackson a conseguir um bom remate defendido pelo guardião da Naval.

À passagem dos 20 minutos o jogo estava bastante equilibrado mas nenhuma equipa dispunha de soberanas ocasiões de golo, apesar dos inúmeros ataques parte a parte.

O jogo tinha uma intensidade elevada e o árbitro mostrou sempre uma critério largo, deixando jogar no limite, raramente interrompeu o jogo, permitindo o contacto, naquilo que parecia uma arbitragem "à inglesa" a beneficiar assim o espectáculo.

Ao intervalo o resultado era justo e adequada-se perfeitamente face aquilo que era  a produção de ambas as equipas, e ficava a ideia que qualquer uma poderia vencer a partida.

Ao intervalo o treinador do Oleiros substituiu Miguel Luz por Lelé e esta substituição viria a revelar-se fatal para as aspirações figueirenses.

Porém a segunda parte começou com uma equipa da Naval a entrar a todo gás, conseguindo mesmo ter o domínio do jogo com ocasiões claras de golo, primeiro num remate perigoso de Xavier Monteiro à entrada da área que só não deu golo graças a uma excelente intervenção do guarda-redes forasteiro, e dois minutos depois Rodrigo consegue com um excelente passe rasgar toda a defensiva adversária, e descobrir Flávio que isolado lançou-se em velocidade até ficar cara a cara com o guardião adversário mas falhou o alvo, quando os adeptos já se preparavam para festejar o golo.

Diz a velha máxima do futebol que «quem não marca sofre» e foi precisamente o que aconteceu, completamente contra a "corrente" de jogo, e naquele que estava a ser o melhor período dos figueirenses, um contra-ataque rápido da formação visitante, conduzido por Lelé que lança a bola para o coração da área, onde um companheiro de equipa amorteceu de cabeça para Jackson que finalizou apontando o 1º golo da partida quando estavam decorridos 58 minutos de jogo.

A Naval tentou reagir e procurou atacar mas com essa procura foi apanhada em contra-golpe e o Oleiros ganhou um pontapé de canto na sequência de uma jogada de contra-ataque, e na marcação do mesmo, Jackson bisou e fez o segundo golo da sua equipa, quando o ponteiro marcava 71 minutos, e aqui terminou a história da partida. 

Foi um rude golpe para a equipa da Naval que tinha entrado na segunda parte muito mais solta e decidida do que na primeira, assumindo o jogo e balanceando-se para o ataque. 

Os minutos seguintes ao 2.º golo, não tiveram grande história, a equipa visitante sentiu que tinha resolvido a partida e acabou por se soltar, jogando de forma descontraída e aproveitando o erro adversário para em alguns ataques tentar marcar mais um golo, enquanto a equipa da Naval acusou o segundo golo, e não se voltou a encontrar nem a exibir ao nível dos primeiros 20 minutos da primeira parte, onde tinha mostrado o seu melhor futebol.

O jogo terminou assim, com uma derrota da Naval 1.º de Maio que se mantém na última posição da tabela, por seu turno o Oleiros chega aos 17 pontos e iguala Carapinheirense e Alcanenense todos com a mesma pontuação. Na próxima jornada o conjunto Figueirense desloca-se até às Caldas da Rainha para defrontar o Caldas SC que é segundo classificado.


Texto de Joel Filipe Perpétuo

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Informações de Jogo

Campo de Treinos José Bento Pessoa
Árbitro: João Casegas (AF Viseu).
Auxiliares: Bruno Nascimento e David Cardoso.
Cerca de 90 Espectadores

Naval 1.º de Maio
Tiago Colaço
Oussama (75 min.)
Jourdan
Bernas
Hugo (Cap.) (83 min.)
Xavier Monteiro (80 min.)
Flávio
João Silva
Andrei

Treinador: Mário Serpa

Suplentes
Igor
Gonçalo
Ivan
Ari
Anderson (80 min.)
Baitick (75 min.)
Otacilio (83 min.)

ARC Oleiros
João Gomes
Fábio
Tiago Gomes
David Facucho
Leandro
Rui Daniel
Marco Farinha (92 min.)
Jackson
Nilson (81 min.)
Miguel Luz (45 min.)
Bruno Cardoso

Treinador: Paulo Machado

Suplentes
Caio
Tak
Gustavo
Rafa Silva
Lélé (45 min.)
Diego (81 min.)
Liu (92 min.)


Ao Intervalo : 0-0
Golos: Jackson (58 min. e 71 min.)
Disciplina- Cartões Amarelos: Oussama (35 min.) e Xavier Monteiro (45 min.).


Outros resultados da 8.ª Jornada:
Vilafranquense-Caldas          2-0
Mafra-Alcanenense                2-0
Sernache-Carapinheirense    1-1



Fotogaleria Fozaominuto:


  















Sem comentários:

Enviar um comentário

Copyright © fozaominuto